Pesquisar

Alexandra Ungern | Artista participante do 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online

Postado em: 5 janeiro , 2021

Compartilhe com:

 

Alexandra Ungern (@aleungern) é natural de Recife-PE, vive e trabalha em São Paulo, SP. 
Formada na Escola Panamericana de Arte (SP) e na Webster University (Viena, Áustria), participou de diversos Salões e Coletivas, como Seis no Centro, Galeria Anexo Lona, São Paulo -SP (2020/21); 14º Salao de Artes de Itajai-SC (2020/21); Casa Parte, São Paulo-SP (2019); 25º Salão de Artes Plásticas de Praia Grande, SP (2018); 16º Salão Nacional de Artes de Jataí, GO (2017); Inteam, Savaria Múzeum, Szombathelyi, Hungria (20126), entre outras. 
Premiações: Prêmio edital Galeria Fernanda Milani – Teatro Polytheama, Jundiaí, SP (2015) e Referencias especiais do júri – 10o. Salão de Arte Contemporânea de Marilia, Galeria M. De Artes, SP (2014). Obras em coleções públicas: “A Sombra de uma Origem”, MUnA – Museu Universitário de Uberlândia / MG (2008); “Dois Aruanãs”, Ross Business School, Ann Arbor, MI / USA (2008).
A artista participa do 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online com as seguintes obras:
Abundância (vídeo)
Série Tombamentos (fotografia/instalação)
Textos da artista sobre os trabalhos: 
– “Abundância”: O ambiente cênico é banal. Estimula um lugar de provocação, dialogando com o que conhecemos como familiar: elementos que cruzamos em casa ou nas ruas da cidade. O tijolo, o papelão, o azulejo, o prato e os grãos estão presentes no trivial. O básico da alimentação e da moradia. O movimento de queda dos grãos, traz uma ideia de avalanche, de perigo. O som das sementes caindo sobre o prato remete à chuva, aludindo à natureza.  Ao final, não enxergamos mais o ambiente, a cena desaparece e somente os detalhes do granulo de arroz são percebidos: tão próximo da lente, que podem ser notados como se fossem indivíduos (personagens). 


– “Tombamento” é uma serie de trabalhos que se desenvolveu a partir da experiência na W. Residência artística em Ribeirão Preto, sob orientação do artista Elcio Miazaki. 

Explorando a cidade observei construções antigas, alguns edificados do início do sec. XX, com a data em relevo na fachada.  Obtenho um registro fotográfico das casas e edifícios em uma manhã de domingo, quando imóveis em vias de tombamento, desprovidos de vigilância, são destruídos ilegalmente.

O tombamento de um bem é um ato de reconhecimento do seu valor histórico, artístico ou cultural.  O desaparecimento deste, significa o apagamento de uma memória e potencializa a ausência de uma história que se relaciona com a comunidade local. As imagens capturadas naquele domingo são impressas e com um estilete a construção antiga é recortada e eliminada, deixando ali o espaço vazio.

Como um ato de reconstrução, transfiro os contornos das casas para a parede do espaço expositivo utilizando barbante e pretos, delineando a silhueta da construção eliminada, insinuando sua presença como uma sutil lembrança de sua existência. 
Sem título
Série Tombamento, 2019
Recorte em impressão s/papel, 19x29cm

Sem título
Série Tombamento, 2019
Recorte em impressão s/papel, 19x29cm
Sem título
Série Tombamento, 2019
Recorte em impressão s/papel, 19x29cm
Silhueta 1
Série Tombamento, 2020
Pregos e barbante preto s/ parede
205x240x5cm
Silhueta 4
Série Tombamento, 2020
Pregos e barbante preto s/ parede
185x63x2cm

Silhuetas 2, 3 e 4 da Série Tombamento
Instalação com barbante preto e pregos s/ parede
Alexandra Ungern
Natural de Recife-PE
Vive e trabalha em São Paulo, SP
Exposições Coletivas
2020
Seis no Centro, Galeria Anexo Lona, São Paulo -SP (abertura a confirmar)
14º Salao de Artes de Itajai-SC (abertura a confirmar)
E o resto do mundo? Ou ouvir outras vozes, Ateliê Alê, curadoria Paulo Gallina, São Paulo, SP
2019
Casa Parte, São Paulo-SP
Contingências da Memoria, Ateliê Alê, curadoria Paulo Gallina, São Paulo, SP
2018
Feira Parte, Coletivo Ateliê Alê, Sāo Paulo, SP
25º Salão de Artes Plásticas de Praia Grande, SP
Como se Constrói o Tempo, Ateliê Alê, curadoria Paulo Gallina, São Paulo, SP
2017
16º Salão Nacional de Artes de Jataí, GO
O Discurso do Método, Ateliê Alê, São Paulo, SP
2016
Inteam, Savaria Múzeum, Szombathelyi, Hungria
Festival DELAS, Ateliê Plano e Ocupa Colaborativa, Jundiaí, SP
Picnic Open Box Garten, Galeria Quarta Parede, São Paulo, SP
2015
Reflexão, Dialogart, Viena, Áustria
22o. Salão de Praia Grande, SP
Contraprova Vol.2, grupo Hermes, Paço das Artes, SP
2014
Sem titulo, (Hermes), 2014 – Arte Agora -curadoria Andres Hernandez – São Paulo, SP
O Saber da Linha – LAB570 – ATELIÊ ALÊ- curadoria Paulo Gallina -São Paulo, SP
2013
Jardim do Hermes, Galeria Central, São Paulo, SP, Brasil
10o. Salão de Arte Contemporânea de Marilia, Galeria M. De Artes, Marilia, SP
Exposições Individuais
2017
Laços, Galeria Tato, São Paulo, SP
2015
Paisagem Dominada, Galeria Fernanda Milani, Teatro Polytheama, Jundiaí, SP
2014
Die Fliegen [As Moscas], Vitrines do metrô estação MASP-Trianon e São Bento, SP
A Sombra de Uma Origem, Fundação Cultural de Balneário Camboriú-Galeria Municipal de Arte, SC
Paisagem, MAG-Museu de Arte de Goiânia, Goiânia, GO
A Sombra de Uma Origem, Museu da Imagem e do Som-MIS, Florianópolis, SC
2013
Ilha do Bananal-Desfocados- MAB-Fundação Cultural de Blumenau, SC,
A Sombra de Uma Origem, Museu Universitário de Arte, MUnA, Uberlândia, MG
Concursos/prêmios:

Prêmio edital Galeria Fernanda Milani – Teatro Polytheama, Jundiaí – SP – 2015
Referencias especiais do júri – 10o. Salão de Arte Contemporânea de Marilia, Galeria M. De Artes, SP- 2014
Coleções Publicas:
A Sombra de uma Origem, 2008, políptico, MUnA, Museu Universitário de Uberlândia, MG
Dois Aruanãs, 2008, Ross Business School, Ann Arbor, MI, USA
Formação e residências:
2019 W Residência artística Ribeirão Preto, orientador Elcio Miazaki
2016 D’Clinic Residência Artística, Hungria
2016-2020 Paulo Gallina – acompanhamento e leitura de portfolio, SP
2012-2015 Nino Cais e Carla Chaim – Hermes Artes Visuais, acompanhamento de projetos, SP
2012-2014 Carlos Fajardo – seminários e acompanhamento, SP
Artur Lescher, orientação de projetos, SP
2011 WEBSTER UNIVERSITY – Bacharel: Artes, Culturas Visuais, Viena, Áustria
2004 Escola Panamericana de Arte, SP, curso artes plásticas

CATEGORIAS

Além da sala de aula
(1)
Cultural
(252)
Estude nos Estados Unidos
(0)
Exames e Certificações
(0)
Galeria de Arte Ibeu
(418)
Inglês no dia a dia
(0)
Para Escolas
(229)

POSTS RECENTES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

OUTROS POSTS

Catálogo – 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online

A 1ªedição do Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online foi lançada com o objetivo divulgar a produção contemporânea de arte brasileira realizada em 2020,...
20 abril, 2021

Vicente Brasileiro | Artista participante do 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online

Até onde a vista não alcança Fotografias digitais em papel Hahnemühle 50x37cm | (2020) Vicente Brasileiro (@brasileirovicente) é artista visual, vive e trabalha em São...
22 fevereiro, 2021

Thomaz Meanda | Artista participante do 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online

Morte residual Tríptico – Lápis dermatográfico s/ papel brilhante 60x146cm (2020) Thomaz G. Meanda (@thomazgmeanda), paulista, vive atualmente na capital de São Paulo, atua nas...
22 fevereiro, 2021

Sandra Gonçalves | Artista participante do 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online

  Pandemia 1 – Série Limbo Fotografia Digital s/ papel algodão | 100x100cm (2020) Sandra Maria Lúcia Pereira Gonçalves (@@sandragoncalves) nasceu no Rio de Janeiro...
18 fevereiro, 2021

Rodrigo Westin | Artista participante do 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online

  Mais uma, menos uma. Série Vazios da quarentena Técnica mista sobre tela | 20x30cm. (2020) Rodrigo Westin (@rodrigowestin) é Doutorando em Artes Visuais –...
18 fevereiro, 2021

Raul Leal | Artista participante do 1º Salão de Artes Visuais Galeria Ibeu Online

  Não havia o que escrever – 2  Desenho em chapa de madeira | 20x20cm 2020 Raul Leal vive e trabalha no Rio de Janeiro....
17 fevereiro, 2021

Teste seu Inglês grátis

O IBEU te ajuda a saber e a traçar o melhor
caminho para o aprendizado

Teste seu
Inglês grátis

O IBEU te ajuda a saber e a traçar o melhor caminho para o aprendizado